quarta-feira, 6 de julho de 2016

Combustão (astangata)

         Quando um graha encontra-se muito próximo ao Sol, ele é determinado combusto (asta), ou seja, não pode ser visto a partir da Terra, pois se encontra ofuscado pelos raios solares. Seguem abaixo algumas considerações quanto a esse estado:

(1)  Assim como a debilitação (nīcha) e a ocupação de um signo inimigo (śatru rāśi), a combustão é vista como uma aflição. Inclusive, os grahas combustos são denominados kopa, isso é, "irados". Percebe-se no indivíduo uma irritação quanto aos temas do graha combusto, o que pode se agravar ou não a depender da força de tal graha e dos olhares que recebe. Kalyana diz (05.12, Sārāvalī) que um graha combusto está mutilado (vīkala) e os seus resultados serão a perda de posição, um coração imundo, pobreza, uma natureza errante e temor em relação a inimigos. É claro que isso depende de muitos outros fatores. Além disso, os maus efeitos são sentidos especialmente na daśā (período) de tal graha.

(2)  As orbes de combustão variam de um graha para o outro. O Sūrya siddhānta indica as seguintes orbes: 17º, 14º, 11º, 8º e 15º para Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus e Saturno, respectivamente. No entanto, é apenas entre  0º e 5º (alguns consideram até 8º) que a combustão se torna realmente intensa e prejudicial. Além disso, quando Mercúrio está retrógrado, sua orbe de combustão passa a ser de 12º. 

(3)  Geralmente a combustão afeta mais os temas de que o graha é kāraka, assim como a casa que o mesmo ocupa. A menos que o graha esteja muito aflito, ele não irá negar os temas das casas que rege no mapa[1].